FILTROS DE LUZ AZUL SABE O QUE SÃO?

Justifica investir neste tipo de tratamentos no momento da compra das minhas lentes oftálmicas?

Para responder a estas perguntas é preciso perceber o que é isto de luz azul, pois bem:

A luz que alcança o olho humano divide-se em:

– luz visível (390nm a 780nm) vemos este espetro de luz muitas vezes separado quando chove e faz sol, o famoso arco-íris.

– luz não-vísivel (ultra-violeta e infravermelhos)

A luz azul faz parte do espetro de luz visível e consegue passar várias estruturas até atingir a retina, ao contrário da luz ultra-violeta que é absorvida pela parte anterior do globo ocular. Por este motivo a exposição a esta luz está associada a um aumento da fadiga ocular durante as tarefas de visão de perto.

E que tipo de implicações pode ter no meu dia-a-dia o uso destes filtros?

Um estudo de 2017 1 demonstra que incorporar o filtro de luz azul nas lentes oftálmicas dos seus óculos é um método prático para aumentar a melatonina endógena antes de dormir, melhorando a qualidade e duração do sono e ajuda a regular o ritmo circadiano (ritmo sono/vigília) combatendo a exposição à luz azul noturna.

Resumindo, para prevenir insónias e a má qualidade do nosso sono o ideal é evitar a exposição a ecrãs (TV, telemóvel ou computador) antes de dormir.

No entanto, se tiver mesmo de o fazer, utilize o filtro de luz azul nas lentes dos seus óculos.

Como sei se os meus óculos têm esse filtro?

Fale com um profissional porque há muitas marcas de lentes oftálmicas no mercado e cada uma atribui um diferente nome comercial a este filtro. Por exemplo:

Hoya – Blue Control, Zeiss- Blue Protect

Essilor- Eye Protect System

1- Ostin et al, 2017 (Fonte)

Post a Comment

X