COMO REDUZIR OS SINTOMAS DE FADIGA OCULAR

Nestes tempos de isolamento, em que passamos os nossos dias em casa, os mais jovens (e não só) acabam por se refugiar ainda mais nos dispositivos eletrónicos para passar o seu dia a dia.

Assim, é de esperar uma maior incidência de sintomas relacionados com esforço visual em visão de perto, como por exemplo olhos vermelhos, irritação ocular, olhos secos e até mesmo dores de cabeça (entre outros).

DICAS PARA DIMINUIR A FADIGA OCULAR RELACIONADA COM O ESFPORÇO VISUAL

Diminuir o tempo passado nos dispositivos eletrónicos, fazendo pausas frequentes. Aplicar a regra 20-20-20: depois de cada 20 minutos, fazer uma pausa de 20 segundos e olhar para objetivos que estejam a 20 metros de distância;

Afastar o mais possível estes dispositivos do olho – quanto mais próximos estiverem, mais esforço ocular é requerido, levando a que se manifestem mais sintomas;

Atenção à iluminação ambiente e o brilho dos ecrãs. Tente posicionar corretamente o seu computador e limpar frequentemente os ecrãs, de modo a evitar brilhos e reflexos indesejados;

•Lembre-se sempre de pestanejar para manter a superfície ocular hidratada – quando estamos em tarefas em visão de perto ou que exijam grande concentração, existe uma tendência para diminuir a frequência de pestanejo.

Caso continue a sentir muita secura ocular, o uso de lágrima artificial está recomendado. Contacte-nos ou contacte o seu profissional de saúde ocular para este o aconselhar a melhor lágrima artificial do mercado para o seu caso. Por outro lado, se os sintomas de fadiga visual são já de longa data e continuam mesmo seguindo as recomendações anteriores, aconselhamos a marcação de uma consulta com os nossos profissionais. Estaremos disponíveis para tratar da sua saúde ocular assim que a situação atual do país o permita.

CONTE CONNOSCO!

Post a Comment

X